terça-feira, 15 de abril de 2008


Para especialistas, jogos são válidos, mas não bastam para estimular o cérebro. Estudo de línguas, aulas de dança e leitura são a receita, aliados ao bem-estar físico.